INÍCIO    |     NOSSA EMPRESA     |     ORIENTAÇÕES    |     MENSAGEIRO     |      ARTIGOS      |     ENTRETENIMENTO    |      BORKINFO     |    FAMÍLIA BORKENHAGEN

Início | Mensageiro | Onde estão os bons profissionais?

Onde estão os bons profissionais?

O bom profissional é o que tem talento profissional, tino profissional, sensibilidade profissional, dedicação profissional, esmero profissional, motivação profissional, responsabilidade profissional, sigilo profissional, entre outros predicados. Mas onde está esse bom profissional?

Em alguns empreendimentos é construído um plano de carreira, onde os empregados buscam subir degrau por degrau, para serem merecedores de melhor salário. Quem garante que o que alcançou mais um degrau seja efetivamente melhor profissional que os demais?

Você pode ser o destaque?

Em tudo o que você fizer, aplique seu conhecimento, reforce com amor e comprometimento, e não despreze os demais da equipe!

 É sabido que em órgãos públicos a titulação em curso superior soma pontos e, para merecer esse acréscimo, pessoas há que fazem cursos ‘meia boca’ e apresentam o certificado, apropriando-se do direito ao crescimento salarial. Ou você duvida disso?

O que faz alguém permanecer vinculado a um empreendimento? O salário? A expectativa de crescimento? A segurança salarial? O bom relacionamento com a equipe? A distância de casa ao trabalho e do trabalho para a faculdade, ou do trabalho ao comércio no qual possa abastecer-se e satisfazer a expectativa da família? A satisfação pessoal? Será o bom salário o motivo mais forte para manter, ou reter, bons profissionais?

Quem emprega implanta regras e, quem ingressa no emprego primeiro deve conhecer as regras para, então, aceitar o emprego. Quem emprega está estabelecido num local fixo e, quem vai ingressar em novo emprego deve medir os gastos que terá com deslocamento casa-trabalho e trabalho-casa, pois não lhe trará satisfação e não produzirá tanto quanto dele pode ser esperado se, depois, perceber que não prestou atenção a esse detalhe. Cairá na produção, ainda que não propositadamente, até que não interesse mais ao empregador.

Quando há bom diálogo, quando há respeito, quando há cordialidade, quando há atenção às expectativas registradas pelos empregados, quando há implantação de melhorias para atender reivindicações, quando há reconhecimento do esforço do empregador, quando há dedicação e a compensação com salário correspondente, quando há regras estabelecidas em comum por empregador com empregados, quando há incentivo à capacitação, ao treinamento, à educação continuada, a satisfação poderá ser o motivo da retenção ou da manutenção de alguém no emprego. Então haverá clima de motivação e, um empregado motivado trabalha com mais prazer e produz melhor resultado. Todos ganham!

Ganhar R$ 100,00 a mais por mês faz diferença? Se considerar o período de 1 ano, é claro que fará.

Então reajustar ou se fazer merecedor é uma questão de clareza do empregador e do empregado.

Edvino Borkenhagen

 

Quanto tempo tens

para estudo diário?

A BORKENHAGEN, desde 2002, franqueia, diariamente, 5 minutos para a reflexão individual e 25 minutos para a educação continuada. Bons profissionais sentem satisfação no que fazem porque entendem o que fazem. Os outros a concorrência aceita.

BORKENHAGEN

Fone 3028-6464

O fone da contabilidade

 

Coluna do Mensageiro - Registro 0123526, 18/08/2003, Títulos e Documentos

ANO XVIII, Mensagem 890

Veja na imprensa, em 14/08/2015, clicando aqui.

 

BORKENHAGEN - 32 ANOS FAZENDO CLIENTES MAIS SATISFEITOS!


Repercussão:

Fomos surpreendidos com a publicação do artigo acima, no sítio do SESCAP. Veja!

Agradecemos ao SESCAP por ter o artigo merecido espaço.

Avenida Doutor Damião, 80 - Jardim América - CEP 85864-400 - Foz do Iguaçu, PR | Fone/Fax: 45 3028 6464

Borkenhagen Soluções Contábeis Ltda.

Copyright © Desde 1997 - Direitos reservados