INÍCIO     |     NOSSA EMPRESA     |     ORIENTAÇÕES    |     MENSAGEIRO     |      ARTIGOS      |     ENTRETENIMENTO    |      BORKINFO     |     FAMÍLIA BORKENHAGEN

Início | Nossa Empresa | Campanhas | SOS - Um alento em Reais às vítimas da chuva

SOS - Um alento em Reais às vítimas da chuva

A Borkenhagen, através de seus membros de equipe, sensibilizada pelas consequências das chuvas que se precipitaram, no Brasil, mobilizou-se para conclamar as pessoas de bom coração a ajudarem as vítimas, na reconstrução de suas vidas.

Rio de Janeiro - na região serrana - madrugada de 11 de janeiro de 2011, deslizamentos, enchente, casas destruídas, mortes, sofrimento. Os sobreviventes à espera da atenção e solidariedade dos brasileiros.

Santa Catarina - no Vale do Itapocu, chuvas em 18 de janeiro, que afetaram mais de 80 municípios, provocando mortes, deixando a situação muito difícil, nos fez ampliar o alcance da campanha.

Paraná - no litoral - madrugada de 11 de março - fortes e continuadas chuvas assolaram principalmente os municípios de Antonina, Morretes e Paranaguá, o que nos motivou a ampliar ainda mais a campanha. Solidariedade não falta ao povo brasileiro, mas precisa ter informação segura. Aqui tem!

A logomarca da campanha é uma doação do artefinalista Clayton Ferreira, da Gráfica Joli, numa demonstração de que "juntos podemos muito mais".

Evite doar bens (alimentos, roupas, calçados, materiais de higiene e limpeza) pois você não saberá do que necessita cada comunidade. Enviando em dinheiro sua doação chegará mais rápido e poderá ser aplicada exatamente naquilo que a Defesa Civil vê ser urgente.

Apresentamos contas bancárias disponibilizadas para receber depósitos de quem tem sentimento de solidariedade. Evite enviar bens comestíveis ou itens de limpeza os quais ainda dependerão de um mutirão para enfardamento, encaixotamento, transporte, acolhimento, separação e distribuição.


Alteramos a apresentação da campanha, partindo dos fatos mais atuais para os anteriormente ocorridos:

Paraná - ocorreram deslizamentos e quedas de barreira, no amanhecer do dia 11 de março, destruindo pontes, trechos de estradas federais, provocando isolamento de muitos veículos na BR 376, além da destruição de casas e desalojamento de muitas famílias. A situação mais crítica foi registrada em Morretes, onde os rios Marumbi e Nhundiaquara transbordaram afetando 80% da cidade. Já ultrapassa 25.000 pessoas afetadas, na região, segundo a Agência Estadual de Notícias. Há cerca de 9.000 pessoas desalojadas, 1.000 desabrigadas, residências danificadas, além do estrago nas rodovias e estradas. As enxurradas e os deslizamentos deixaram isoladas sete cidades paranaenses: Antonina, Morretes, Guaratuba, Paranaguá, Mangueirinha, Honório Serpa e São José dos Pinhais.

Santa Catarina - dentre as cidades mais atingidas em Santa Catarina temos: Jaraguá do Sul, Mirim Doce, Massaranduba, cidades do Vale do Itapocu. A Defesa Civil está acolhendo doações, preferentemente em dinheiro para atendimento às famílias das vítimas.

O número de vítimas fatais não é grande, mas a imprensa noticia mais de 600 mil desabrigados em cerca de 80 municípios. Se você tem motivos para demonstrar solidariedade ao povo catarinense, mais adiante estão as contas que podem receber sua doação. Evite enviar materiais. O dinheiro será utilizado mais rápido e mais adequadamente naquilo que realmente é necessário em cada localidade.

Rio de Janeiro - a chuva atingiu os municípios de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo, matando muitas pessoas, seja pelos deslizamentos, seja por afogamentos, seja por doenças decorrentes da enchente. Nossa meta é facilitar às pessoas de bem poderem enviar valores para que as instituições voluntárias possam adquirir os gêneros de primeira necessidade, de acordo com a realidade de cada lugar.


ENVIO DE DOAÇÕES - EM DINHEIRO

Se enviarmos em dinheiro o recurso pode ser utilizado imediatamente e a entidade recebedora poderá adquirir exatamente o que esteja faltando no momento.

Escolha a entidade em quem você tem mais confiança, ou a instituição bancária pela qual tenha mais facilidade em efetuar o depósito.

Depois, se aceitar, informe-nos nome do depositante, valor e banco, para que alimentemos a planilha por conta bancária. Se preferir silenciar, fique à vontade.

 

PARANÁ

Defesa Civil não possui contas específicas, mas localizamos outras entidades.

Contatamos Defesa Civil, Provopar, Prefeitura, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Segurança de cidades afetadas, e  Telelistas, para agilizar doações através de contas bancárias, as quais ainda não haviam sido divulgadas:

- Antonina - fone 41-3432-4275 - Sra.Laísa

Provopar Antonina - CEF - Ag.0378, Oper.003, C/C 957-2

- Morretes - fone 41-3462-3733 - Sra. Vânia

Prefeitura Morretes - CEF Ag.0396. Oper.003, C/C 2011-0

Prefeitura de Morretes - Banco do Brasil - Ag.2327-2,

Conta Corrente 12038-3

- Paranaguá - fone 41-3420-6135 - Sra.Márcia Garcia

Provopar Paranaguá - Banco Itaú - Ag.3922, C/C 00200-5

CNPJ 95.751.178/0001-80

 

Recebida a informação, de retorno, disponibilizamos as contas para os visitantes. Assim fica mais fácil colaborar.

Faça seu depósito!

 

Agradecemos à todas as pessoas contatadas, por telefone (Laísa, Vânia, Márcia, Miriam, Sandra, Nelci, Marilda e Jéssica), que não mediram esforços em buscar a identificação da conta-corrente mais adequada para o recebimento de doações, em Antonina, em Morretes e em Paranaguá. Muito Obrigado!

 

Há notícias na Agência Estadual de Notícias em: http://www.aen.pr.gov.br e muito mais.

Antes de pensar que foi 'pouca coisa', conheça essas notícias:

11/03/2011 - Litoral paranaense ficou isolado e BR 277 ficou interditada

12/03/2011 - Deslizamentos, alagamentos e soterramentos de casas inteiras

14/03/2011 - Pelo menos 30 mil desabrigados no litoral paranaense

16/03/2011 - Quase 17 mil pessoas perderam suas casas ou tiveram que abandoná-las

17/03/2011 - Defesa Civil diz que os prejuízos já ultrapassam R$ 100 milhões

18/03/2011 - Sistema de água de Paranaguá ficou devastado pela enxurrada

20/03/2011 - Choveu 400 mm em dois dias na Serra do Mar, mas pode diminuir

21/03/2011 - Mais de 10 mil pessoas continuam desalojadas

21/03/2011 - Governo do Paraná enviou 359 toneladas de donativos para vítimas

22/03/2011 - Fernanda Richa entrega 6 mil litros de leite para crianças do litoral

22/03/2011 - Volta a chover no litoral paranaense com risco de novos deslizamentos

22/03/2011 - Recuperação do litoral contará com R$ 5 milhões do Paraná e ajuda federal

23/03/2011 - Perto de 100 homens se revezam na limpeza da BR 277 para liberar trânsito

11/04/2011 - Alunos fazem arrecadação para vítimas do litoral paranaense

13/04/2011 - Depois das chuvas, comunidades do litoral paranaense continuam isoladas

23/05/2011 - Ambev - Doação ao litoral paranaense

23/05/2011 - Ambev - revitalização do comércio de Antonina (PR) e Morretes (PR)

08/07/2011 - Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo ganham R$ 10 milhões para promover o turismo

 

Se você não se sentiu sensibilizado/a, isso nos deixa preocupados!

Brasão de Antonina

Brasão de Morretes

Brasão de Paranaguá

De 1714 data a fundação de Antonina, com a construção da capela a N.Sra.do Pilar.

Em 1733 foram demarcadas, de Paranaguá, 300 braças de quadra, para o povoado.

Povoamento iniciado em 1550, do Grande Mar Redondo, segundo os indígenas.


SANTA CATARINA

1 - Fundo Estadual de Defesa Civil - CNPJ 04.426.883/0001/57

- Banco do Brasil - Agência: 3582-3 – Conta Corrente número: 80.000-7

- SICOOB Coop.de Crédito SC - Agência: 1005 – Conta Corrente número: 2.008-7

- Banco Bradesco - Agência: 0348-4 – Conta Corrente número: 160.000-1

- Banco Santander - Agência: 1227 – Conta Corrente número: 430.000.052

- Banco Itaú - Agência: 0289 – Conta Corrente número: 69.971-2

- SICREDI Coop.de Crédito - Agência: 2603 – Conta Corrente número: 3.500-9

Dentre as cidades mais atingidas em Santa Catarina temos: Jaraguá do Sul, Mirim Doce, Massaranduba, cidades do Vale do Itapocu.

 

Confira informações em: Sites: www.defesacivil.sc.gov.br e www.sc.gov.br/webimprensa

Brasão de Jaraguá do Sul

Brasão de Mirim Doce

Brasão de Massaranduba

Município emancipado em 1934, e brasão criado em 1968. Jaraguá = "Senhor do Vale"

Município emancipado em 1991 - referência forte ao mel da abelha mirim

Iniciada por alemães, em 1870, tornou-se município em 1948.

É capital catarinense do arroz.


RIO DE JANEIRO

1 - Município de Teresópolis - "SOS Teresópolis - donativos".

- Banco do Brasil - Agência: 0741-2 – Conta Corrente número: 110000-9.

Obs.: A conta aceita depósitos de qualquer valor.

2 - Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro - AMAERJ

- Banco Itaú - Agência 6002 - Conta Corrente 37428-5

3 - ONG Viva Rio - Auxílio aos desabrigados das chuvas

- Banco do Brasil - Agência: 1769-8 - Conta Corrente número:  411396-9

4 - Fundo de Assistência Social do Rio - CNPJ do fundo é 02932524/0001-46

- Banco Itaú - Agência:  5673 - Conta Corrente: 00594-7.

Esta conta foi aberta pelo Banco Itaú. A conta aceita depósitos de qualquer valor.

5 - Obra Social do Rio

- Bradesco - Agência 3176-3 - Conta Corrente: 500001-7

Esta conta foi aberta pelo Bradesco.

6 - Defesa Civil Estadual

- Caixa Econômica Federal - Agência 0199 - Operação 006 - Conta 2011-0

Esta conta foi aberta pela Caixa Econômica Federal.

7 - Cáritas Diocesana do Rio de Janeiro

- Bradesco - Agência 0814-1 - Conta 48500-4

Esta conta é divulgada em programação da Rede Vida.

8 - Sociedade Bíblica do Brasil

- Bradesco - Agência 3390-1 - Conta 18512-4

Contribuintes, que queiram receber contato, podem enviar comprovante de depósito para relacionamento@sbb.org.br, ou para o fax (11) 3474-5828. As doações em dinheiro, para esta conta, serão usadas estritamente para a distribuição de literatura bíblica entre a população vitimada pela catástrofe.

9 - Instituto HSBC Solidariedade - Vítimas da chuva RJ

- Banco HSBC - Agência 1996 - Conta 27262-58 CNPJ 07.926.287/0001-24

Os valores recebidos por depósito serão transferidos à Cruz Vermelha e à Care.


Brasão de Petrópolis Brasão de Teresópolis Brasão de Nova Friburgo

“Altiora Semper Petens" = Buscando sempre o mais elevado

Cidade cercada pelo Dedo de Deus e pela Agulha do Diabo (montanhas)

É a cidade mais fria do Estado do Rio de Janeiro. Colonizada por famílias suíças em 1820.


Saiu na Imprensa:

 

Edição: 6813 - 23 de Março de 2011

Campanha

 

A situação das vítimas das enchentes no litoral do Paraná ainda é crítica. Por isso, mais uma vez, a Borkenhagen Contabilidade mobiliza uma campanha para ajudar a quem precisa. A empresa entrou em contato com a Defesa Civil, Provopar, Bombeiros e Prefeituras das cidades mais atingidas como Antonina, Morretes e Paranaguá para definir a melhor maneira de auxiliar os necessitados. Saiba como ajudar através do link notícias do site www.katyasantos.com.br.


Saiu na Imprensa:

Para conferir direto, na edição de 23 de março de 2011, no site, clique aqui:

CAMPANHA VISA ARRECADAR FUNDOS PARA AJUDAR DESABRIGADOS DO PARANÁ

A situação das vítimas devido às enchentes que atingiram o litoral do Paraná no último dia 11 ainda é crítica. Por isso, mais uma vez, a Borkenhagen Contabilidade mobilizou a campanha "SOS - Um alento em reais às vítimas das chuvas" para ajudar a quem precisa.

De acordo com dados da Agência Estadual de Notícias, pontes e trechos de estradas federais foram destruídas deixando áreas isoladas e inúmeras pessoas sem casa ou abrigo.

Em Morretes, cerca de 80% da cidade foi atingida com a inundação dos rios Marumbi e Nhundiaquara. Isso representa 25.000 pessoas, em média, afetadas na região. Outras cidades isoladas e muito prejudicadas com os deslizamentos foram Antonina, Guaratuba, Paranaguá, Mangueirinha, Honório Serpa e São José dos Pinhais.

Com espíritio de solidariedade, muito trabalho e dedicação, a Borkenhagen entrou em contato com a Defesa Civil, Provopar, Bombeiros e Prefeituras das cidades mais necessitadas para definir a melhor maneira de auxiliar quem perdeu tudo ou grande parte do que tinha.

E para facilitar o processo de ajuda, ao invés de enviar roupas, alimentos e mantimentos, as doações serão feitas em dinheiro, através de contas bancárias exclusivas para receber os depósitos de qualquer quantia e e cidade. Assim, o dinheiro poderá ser usado imediatamente de acordo com as prioridades de cada lugar. 

Veja abaixo quais são as contas disponíveis para doação:

- Provopar Antonina - CEF - Ag.0378, Oper.003, C/C: 957-2

- Prefeitura Morretes - CEF Ag.0396. Oper.003, C/C: 2011-0

- Prefeitura de Morretes - Banco do Brasil - Ag.2327-2, C/C: 12038-3

- Provopar Paranaguá - Banco Itaú - Ag.3922, C/C: 00200-5.


Agradecemos a quem mais deu divulgação à iniciativa, de cuja publicação não tenhamos tomado conhecimento.

Avenida Salvador Guerra, 80 - Jardim América - Foz do Iguaçu, PR | Fone/Fax: 45 3028 6464

Borkenhagen Soluções Contábeis Ltda.

Copyright © Desde 1997 - Direitos reservados