INÍCIO     |     NOSSA EMPRESA     |     ORIENTAÇÕES    |     MENSAGEIRO     |      ARTIGOS      |     ENTRETENIMENTO    |      BORKINFO     |     FAMÍLIA BORKENHAGEN
Início | BORKINFO | Fevereiro de 2012

Edição dedicada à um

MEIO AMBIENTE MELHOR!

 

Foz do Iguaçu-PR, Fevereiro de 2012

Ano XVI, N° 173 - Circulação dirigida Tiragem 3403 destinatários

Boletim Institucional da Borkenhagen Soluções Contábeis Ltda. - Certificada ISO 9001:2008

DO PRINCÍPIO PARA HOJE

Diz a Bíblia que “No princípio, criou Deus os céus e a terra. A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas. Criou Deus, pois o homem à Sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Deus fez o homem imortal para reinar sobre a terra e pôs ao seu dispor todos os animais e a toda natureza vegetal. Se bem que era uma imortalidade condicional, pois no Éden Deus colocou a árvore do conhecimento do bem e do mal para certificar-se da fidelidade do ser recém criado, para com a Sua vontade. Mas, os alertou que se não fossem fiéis à Sua vontade divina perderiam esta imortalidade. Veio a serpente e convenceu Eva dizendo: Porque Deus sabe que no dia em que do fruto proibido comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal, e Eva convenceu o seu esposo, Adão. No princípio o homem falava diretamente com Deus, e Ele com os Seus filhos, mas após o pecado o homem nunca mais pode contemplar, pessoalmente a Deus, o Pai.

Deus, zangado com a Sua criação, pensou, e agiu, com o fim de depurá-la através do dilúvio...”

As oportunidades de utilizar a natureza corretamente, que o homem teve, não foram bem aproveitadas. Por isso, ações de recuperação são empreendidas.

CONFORME A ISO

Sobre a ISO já escrevemos algumas vezes no BORKINFO, mas nos cabe escrever algo novo. Claro que não é sobre a mesma norma. Agora o assunto é VERDE. Você pode observar o tom verde do boletim, justificado pela ação em favor da natureza, em favor do meio ambiente. Também o papel reciclado, com visual diferenciado por ser produzido por fibras renováveis. É sabido que daquilo que fazemos, geramos algo, ou colaboramos, para o agravamento das mudanças climáticas. Esse processo afeta organizações em várias áreas: cumprimento legal, mercados de carbono e responsabilidade social corporativa.

No tocante à natureza há emissões de carbono que geram o efeito estufa.

A sociedade está se mobilizando no intuito de serem implantadas medidas para a contenção do aquecimento global, por meio da estabilização da concentração dos gases de efeito estufa (GEE). A compensação é possível com ações que visem reduções de emissões controladas e verificadas. Isso significa usar padrões mundialmente harmonizados, conforme a ISO 14064.

Lembra quando pessoas raspavam as bordas de fora de moedas e usavam essas aparas de prata como um ganho de receita adicional, mas ilegal? Para evitar isso, foram adicionadas bordas serrilhadas às moedas para garantir aos usuários a integridade das mesmas.

A BORKENHAGEN, pelo BORKINFO, já atende a NBR ISO 14064:2007.

NESTA EDIÇÃO DESTACAMOS

Para sua festinha ou visita surpresa, abasteça-se com bebidas de diversas marcas, na Distribuidora de Bebidas JK, à Av.JK, 744 - Centro.

Fone: 3025-6677

Páscoa com uma linda cesta de especiarias da Mayer’s, é muito chique. Imagine!
Rua Fagundes Varela, 540
Vila Portes
Tel. 3528-0508

BORKENHAGEN - 28 ANOS PRESTIGIANDO QUEM CONFIA EM NOSSOS SERVIÇOS

EDIÇÃO VERDE

Por que uma edição verde? Por que o papel é reciclado? Porque a BORKENHAGEN, após um investigativo inventário realizado pela Palmares Geoprocessamento e Análise Ambiental, conseguiu identificar inúmeros itens que influem na emissão de GEE, seguindo metodologia e protocolo reconhecido, como é o GHG Protocol, segundo a ISO 14064:2007.

Meio ambiente é coisa nossa! Sim, a BORKENHAGEN segue padrões da ISO 14064.

Para compensar, por 12 meses, 1,72 tonelada de gases de efeito estufa gerado na produção, impressão e distribuição do BORKINFO, plantamos 12 árvores nativas da mata atlântica, em área cedida pelo CEAEC - Centro de Altos Estudos da Conscienciologia. Para que o inventário fosse bem sucedido, sua elaboração seguiu os cinco princípios que fazem parte do padrão GHG Protocol Corporate Standard e da norma ISO 14064-1: relevância, integralidade, consistência, transparência e exatidão.

Foi considerado: o tempo gasto na produção dos textos, es especificações do computador utilizado, a potência da máquina impressora da gráfica, o volume e o tipo de tinta utilizado, o consumo de energia elétrica, o volume, tipo e gramatura do papel, a quantidade de etiquetas de endereçamento, o tempo de impressão das etiquetas, o tempo de dobra e envelopamento, a quantidade de selos utilizados, a distribuição dos boletins impressos, o envio dos boletins virtuais, tempo dos envolvidos, etc.

Agora podemos utilizar o selo Recompense®, uma conquista que ofertamos aos iguassuenses da Região Trinacional, pois juntos devemos mostrar ao mundo que aqui respeitamos a natureza, e atuamos com responsabilidade socioambiental.

Na ISO 14064 está implícita a garantia de que uma tonelada de carbono é o mesmo em Berlim, Brasília ou Bloemfontein.

Você também pode comemorar, pois é em benefício da cidade que atuamos.

DEPOIS DO MOMO

O reinado de Momo é tão breve e tão inconsequente que em nada afeta as pessoas que detém cargo público. Quem trabalhou na organização; quem preparou sua escola, seu bloco; quem desfilou; quem ‘fugiu’ para um retiro; quem à margem da festa pagã, fez sua festa com outro nome; quem posou de ‘santinho’ na quarta-feira de cinzas, sem ter-se preocupado com o corpo nos dias anteriores, sabe que a vida é pra ser levada a sério. Os dias do prazer maior, assim propagado pelo governo, organizadores e outros interessados, se foram, restando para todos, dias de alegria, que se sente não no corpo, mas no espírito, a serem vividos com decência.

A cidade precisa do cuidado de todos.

Na BORKENHAGEN é incessante a pregação sobre a campanha “FOZ 2014 - SEM VANDALISMO!”, porque os equipamentos públicos e áreas de lazer são de todos. Se há melhorias necessárias, e viáveis, indique-as ao seu representante, e mantenha-se atento/a para ver se ele merece sua confiança!

NOVO SUPREMO

No Supremo Tribunal Federal, em sessão administrativa de 15/02/2012, os ministros decidiram que o ministro Carlos Ayres Britto assumirá a presidência da corte em 19 de abril. O mandato da presidência é de 2 anos ou, se ocorrer, o presidente completar 70 anos, quando deve desligar-se do STF. Britto assume o lugar do ministro Cezar Peluso, que completa na data dois anos à frente do tribunal, mas que também se despede do STF, até 3 de setembro, quando completa 70 anos. A posse de Britto será durante uma sessão plenária do tribunal. Não dura muito Britto na presidência, pois em novembro/2012 atinge a idade limite para permanência no STF, quando a presidência da corte deverá, então, ser assumida pelo ministro Joaquim Barbosa, seguindo o rodízio natural que prevê que deve ser eleito presidente o ministro de maior antiguidade que ainda não tenha ocupado a presidência. Barbosa sim, completará seu biênio, passando o cargo ao atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Ricardo Lewandowski.

Britto, com relação à Lei da Ficha Limpa lembrou que a palavra cândido significa limpo, puro, e candidatura significa pureza ética. “Uma pessoa que desfila pela passarela quase inteira do Código Penal, ou da Lei de Improbidade Administrativa, pode se apresentar como candidato?” Isso serve para os nossos!

COMIDA PRO “LEÃO”

Quem já viu um leão num circo, sabe que ele pode ser domado, mas também que precisa ficar bem alimentado para não atacar o apresentador na hora do espetáculo.

Com o “leão” do imposto de renda é igual.

Não adianta sonegar ‘comida’ (tributos) e pensar que ele não vai ficar feroz na hora que entrar em ação.

É uma questão muito clara: temos as leis que definem os tributos que devemos pagar e não adianta nos insurgirmos contra a lei.

As mudanças devemos pleitear através do parlamento, através dos legisladores.

Reúna os documentos e: “Boa declaração”!

DICAS E TOQUES

SUSPENSÕES ANULAM JUSTA CAUSA

Um empregado que atuou como porteiro de um condomínio, de outubro/2008 a outubro de 2009, incorreu em diversas faltas ao trabalho. Em agosto/2009 faltou 5 dias, e foi suspenso por 3 dias; no mês seguinte faltou 3 dias e foi suspenso por 2 dias, vindo a faltar ainda no mesmo mês mais 2 dias, sendo suspenso também por 2 dias. Quando ele retornou, o empregador o despediu por justa causa. O empregado reclamou pela dispensa imotivada, que é: Despedida sem justa causa, despedida injustificada ou sem motivo justificável.

O juízo de primeira instância ressaltou que, antes da aplicação das três suspensões, a empresa não fez nenhuma advertência pelos dias faltados em julho e em setembro, o que "revela a tolerância da reclamada, configurando para tal período o perdão tácito".

A prática comum é advertir verbalmente, se possível com a presença de testemunhas; advertir por escrito, com a ciência de testemunhas; suspender, gradativamente, por exemplo: 1 dia, se reincidir, mais 3 dias e se voltar a reincidir, na mesma falta, mais 5 dias. Se o empregado não se emendar e voltar a incorrer na mesma falha, não se aplica nova suspensão, mas a rescisão por justa causa, pois as possibilidades de correção lhe foram oferecidas.

FUNCRIANÇA MAIS PRAZO

Quando não se tem a informação correta, precisa, fica difícil tomar uma decisão. Isso ocorria anualmente com contribuintes Pessoa Física, os quais na incerteza de apurarem imposto de renda a pagar, deixavam de reservar 6% para ficar na cidade. Agora com a participação mais incisiva da classe contábil, a Receita Federal prorrogou o prazo para os depósitos a favor do FUNCRIANÇA até o dia final para entrega da Declaração de Ajuste anual, no caso de 2012, até 30/04.

Os restantes 94% do imposto a pagar continuarão sendo pagos à Receita Federal em até 8 parcelas.

Graças à classe contábil as cidades terão antecipadamente um valor maior para as entidades abrigadas no Conselho Municipal da Criança e do Adolescente.

Por isso a campanha: SE O HOMEM DO FUTURO É HOJE CRIANÇA, ENTÃO APOIE O FUNCRIANÇA!

Agora é uma questão de honra! Ou você apoia os pequenos necessitados, ou você relega eles. A decisão é sua!

Consulte seu Contador o quanto antes!

CLIENTES FUJÕES

A classe contábil conhece, e muito bem, o quanto aumentou a responsabilidade profissional com o advento do Código Civil Brasileiro de 2002. Entre alguns profissionais remanesceu a dúvida sobre o que fazer com o cliente que abandona a documentação do seu empreendimento, que ‘dá no pé’ sem dizer para onde vai, ou simplesmente deixa de enviar documentação fiscal e contábil para processar, alegando que está sem atividade. Ora, se está sem atividade, deve comunicar o Fisco, para, inclusive salvaguardar-se de que terceiros façam uso indevido de sua inscrição. No caso do fisco estadual basta, o profissional, enviar um expediente comunicando que retira sua responsabilidade técnica sobre tal inscrição, permitindo ao Fisco efetuar cancelamento da mesma e bloqueando qualquer atividade ilícita.

Quando do reinício das atividades, deverá emitir a solicitação, a qual deverá ser assinada em conjunto pelo contribuinte e o profissional contábil, seja ele o mesmo que comunicou o fim de sua responsabilidade técnica ou outro profissional que venha a assumir a partir daí.

Quanto à documentação abandonada, por muitos anos, o Chefe da Agência de Rendas Estadual, Celso Sauer, concorda que é salutar tornar público, na imprensa e, em não sendo retirada, incinerar o que já tenha prazo prescrito.

CARRO PARA VELHOS?

Repetimos: Não! Pessoas ficam idosas, enquanto que carros, sim, ficam velhos. Mas a Ford, em parceria com a Universidade de Cambridge, na Inglaterra, desenvolveu um software que simula os problemas visuais do envelhecimento como: catarata, glaucoma, daltonismo, com o fim de aperfeiçoar o design dos painéis de instrumentos dos carros por ela fabricados. Números e letras difíceis de enxergar, a partir do design modificado, serão de leitura mais fácil pelos motoristas com deficiência visual.

Das 285 milhões de pessoas, no mundo, com deficiência visual, 65% têm mais de 50 anos. Aumentando a expectativa de vida, o percentual tende a aumentar.

A Ford proporciona qualidade de vida!

NOSSAS CREDENCIAIS

LEITURA SEMANAL ACESSÍVEL

Em julho/2004: certificação pela ISO 9001 - Gestão da Qualidade; em julho/2007: Acreditação da certificação ISO na Alemanha; em julho/2007: adequação à ISO 10002 - Satisfação do Cliente; e em Novembro/2011 - adequação do boletim à ISO 14064 - Gases de Efeito Estufa.
Comemore conosco. Você merece!

COLUNA MENSAGEIRO

Todas as sextas-feiras, no jornal A Gazeta do Iguaçu.

Se não tens como comprar o jornal ou acessar sua página, acessa pelo quadro à direita.

Leia! Avalie! Critique! Elogie!

Se você ainda não leu a coluna Mensageiro, nós reprisamos:

24/02 - Igrejas queimadas

17/02 - Convite para uma festa imperdível

10/02 - Ah, mas como eu trabalho bastante!

03/02 - Tu sabes conversar com Deus?

Pela Internet: Coluna Mensageiro.

EXPEDIENTE

Boletim informativo institucional, mensal, da BORKENHAGEN Soluções Contábeis Ltda.

Registro sob Nº 001 e 002 em 23/05/97, no Livro B-1 do RCPJ.

Composição e Redação: Edvino Borkenhagen

Revisão, Diagramação e Publicação: Patricie Rebeca Borkenhagen

Até a Edição 174, na certeza de termos você nos acompanhando e aprovando!

ESTE É O ESPERADO BORKINFO VERDE!

Compensamos com plantio de árvores o que geramos de efeito estufa!

Avenida Doutor Damião, 80 - Jardim América - Foz do Iguaçu, PR | Fone/Fax: 45 3028 6464

Borkenhagen Soluções Contábeis Ltda.

Copyright © Desde 1997 - Direitos reservados