INÍCIO     |     NOSSA EMPRESA     |     ORIENTAÇÕES    |     MENSAGEIRO     |      ARTIGOS      |     ENTRETENIMENTO    |      BORKINFO     |     FAMÍLIA BORKENHAGEN

Início | Orientações | BORKAlerta | Ofensa por cliente/paciente não gerou indenização

Ofensa por cliente/paciente não gerou indenização

(Texto "traduzido" a linguajar mais acessível, para fácil e rápido entendimento. No seu interesse leia o texto original.)

 

Este é o BORKAlerta 20170718 já enviado aos Clientes BORKENHAGEN

Trabalhar com pacientes na área de hemodiálise, num hospital, é um trabalho diferenciado do realizado em outras áreas, pois atende um público com necessidades peculiares. Se alguém não se sente bem atendido pode reclamar, e daí... Leia o alerta!


 

 Hospital não deverá indenizar técnica de enfermagem ofendida por paciente

 

Publicação de TST, neste 18/07/2017, traz uma decisão que poderá clarear o pensamento de muitos empregados, atuantes em áreas, inclusive, bem distintas da em que ocorreu o fato que gerou um pedido de indenização por danos morais:

Em um hospital, no qual havia um setor de hemodiálise, onde atuava já por nove anos um técnica de enfermagem, a qual também era  uma das responsáveis pela área, ocorreu, por parte de um paciente, a alteração de postura gerando xingamentos e ofensas segundo a técnica, chamando-a de "vagabunda" e "cachorra".

A técnica de enfermagem reconhece que os pacientes que vem para hemodiálise, em geral, se encontram fragilizados e, muitas vezes, se tornam mais agressivos e ríspidos.

Independente de ter consciência do comportamento dos pacientes, ela ingressou em juízo, contra o hospital, reclamando danos morais, em virtude do xingamento.

Alegação: Registrou na petição que "mesmo levando o caso à direção, o hospital nada fez em relação ao episódio. Para ela, a associação deveria ter encontrado meios para minimizar os danos causados no setor, tomando medidas mais incisivas, inclusive “cessando o tratamento do paciente, trocando-o de hospital".

 

Decisões:

Local - Vara do Trabalho - Na notícia do TST não consta a decisão local.

Estadual - Justiça do Trabalho - TRT - O ocorrido não justificava a indenização por danos morais. Entre outros aspectos ficou constatado que o paciente teria ofendido não apenas ela, mas também outros profissionais do setor.

Nacional - Tribunal Superior do Trabalho - TST - A relatora reconheceu que a reclamante foi vítima de xingamentos e ofensas no ambiente de trabalho, mas não ficou demonstrada a conduta omissiva e negligente do hospital em relação ao dever de proporcionar um ambiente de trabalho seguro e confiável aos seus empregados que autorizassem a reparação civil por danos morais.


 

Este BORKAlerta foi elaborado com base na publicação do TST.

Destaque para o entendimento no TST foi de que: "Se em 9 anos o clima entre funcionários e pacientes foi o adequado para o bom funcionamento na área de hemodiálise, não há o que reclamar por xingamento por um paciente, ainda em se considerando que ele xingou também outras pessoas que o atenderam".

Por que culpar o hospital?

Por que querer que ele fosse removido para ser atendido em outro hospital?

Lá ele seria tratado de forma mais humana, mais atenciosa, mais delicada?

Lá ele não teria motivo para manifestar-se com xingamento?

Revise cada um o seu proceder para com os clientes/pacientes em toda relação profissional, e observe se há algo em que possa melhorar, daí todos poderão cultivar o bem-estar!

Nossos clientes conhecem decisões de tribunais, em leitura de fácil entendimento.

Cliente BORKENHAGEN é cliente bem orientado!

 

  Edvino Borkenhagen

         Diretor Institucional

--------------------------------------------------

Para sua segurança, você optou BORKENHAGEN

A rápida informação ao cliente

Em 18/07/2017

Fonte: T S T

Colaboração: Melissa

BORKENHAGEN - 34 ANOS PROPORCIONANDO ORIENTAÇÃO CLARA A SEUS CLIENTES. DESFRUTE!

Avenida Doutor Damião,  80 - Jardim América - Foz do Iguaçu, PR | Fone/Fax: 45 3028 6464

Borkenhagen Soluções Contábeis Ltda.

Copyright © Desde 1997 - Direitos reservados