INÍCIO     |     NOSSA EMPRESA     |     ORIENTAÇÕES    |     MENSAGEIRO     |      ARTIGOS      |     ENTRETENIMENTO    |      BORKINFO     |     FAMÍLIA BORKENHAGEN

Início | Artigos, Manifestos e Reflexões | Atitude Cristã | Arquivos | Por que participar de uma campanha?

Por que participar de uma campanha?

Mensagem Nº 04 - Edição Nº 30

O segundo mandamento deixado por Jesus Cristo é: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” Isso explica, talvez, porque os adeptos de religiões cristãs, frequentemente lançam uma campanha, ou aderem a uma campanha em favor de outras pessoas. Há que se registrar que não-cristãos também fazem campanhas, e muito bem elaboradas, beneficiando, principalmente os menos favorecidos financeira e economicamente. No início de 2011, no dia 11 de janeiro, chuvas torrenciais se precipitaram sobre a Região Serrana do Rio de Janeiro, deixando um quadro desolador, com mortes, perda de bens, inclusive moradias completas. Ainda era dia 18 de janeiro quando as chuvas caíram em volume inesperado em Santa Catarina, no Vale do Itapocu. Campanhas foram sendo lançadas, um chamamento geral à solidariedade, e o povo atendeu. Entidades as mais diversas, religiosas ou não, conclamaram voluntários para receber, identificar, enfardar, empacotar, encaixotar, carregar itens como: mantimentos, artigos de higiene, e água potável.

As campanhas corriam bem até que em 11 de março foi a vez do Paraná, no litoral, deixando pessoas desabrigadas, pontes arrebentadas, deslizamento de encostas, interdição da principal rodovia, pessoas retidas em seus veículos, sem poder prosseguir ou retornar à origem. Novo chamamento pela Defesa Civil para que a população, o empresariado, participasse com a doação de itens necessários às vítimas das chuvas. A resposta foi fraca. Por quê? Porque nos acostumamos muito facilmente à situação. Uma catástrofe quando se vive anos de calmaria, chama atenção, uma segunda catástrofe, de proporção menor que a primeira, passa a ser vista como uma enchentezinha. Agora uma terceira catástrofe, aí sim, a maioria nem se sentiu sensibilizada. Por quê? Notícias circularam dando conta que houve desvio de mercadorias que deveriam ter sido entregues às vítimas.

Desde o primeiro momento uma empresa de contabilidade lançou a campanha “Um Alento em Reais às Vítimas das Chuvas”. Identificou as entidades de credibilidade, e suas contas bancárias, por onde poderiam receber doações, e divulgou. Doar em dinheiro, é depositar, e o dinheiro estar disponível para a Defesa Civil, Provopar, ou outra entidade  poder adquirir, na região da catástrofe o que realmente seja necessário, fortalecendo também a economia local. Dispensa convocar voluntários Brasil afora, evita custos e a logística para o transporte, propiciando atendimento imediato e pontual aos necessitados. As informações de adesão foram boas. Quem doou em dinheiro está com a consciência tranquila. Conheça a abrangência da campanha e, se ainda quiser, faça seu depósito. Acesse: http://www.borkenhagen.net/empresa/campanhas.html.

Edvino Borkenhagen – bsc@borkenhagen.net

Contador iguaçuense com 28 anos de experiência

 

Visite a página do jornal, clique aqui e confira outras matérias.

Avenida Salvador Guerra, 80 - Jardim América - Foz do Iguaçu, PR | Fone/Fax: 45 3028 6464

Borkenhagen Soluções Contábeis Ltda.

Copyright © Desde 1997 - Direitos reservados